Marketing Pessoal – Como melhorar seu posicionamento no mercado de trabalho

O marketing pessoal, nas palavras do consultor Max Gehringer, são qualidades que fazem com que algumas pessoas se destaquem das demais, seja no campo pessoal ou profissional.
Tem uma relação estreita com as atitudes do indivíduo e de como ele se projeta no mundo.
As ações deste tipo de marketing possuem a virtude de valorizar o ser humano em todos os seus atributos e características.

Marketing Pessoal

Por que investir em marketing pessoal

Em todas as áreas do mercado de trabalho existe alta competitividade. Estratégias de marketing digital são realidade exigindo mais competência profissional.
Os profissionais estão cada vez mais bem preparados, e, via de regra, todos se igualam quanto as competências adquiridas com suas formações.
E isso se torna um problema para as empresas se decidirem pela contratação deste ou daquele candidato.
Por isso, ser um bom profissional já não basta.

Para se destacar em meio a tantos iguais, é preciso valorizar as suas competências e habilidades, já que tais atributos mudam de pessoa para pessoa. E aqui, cabe muito bem uma das concepções do marketing para as empresas, que é, criar valores para um produto com a finalidade de torná-lo atraente aos olhos do consumidor.

Nesse caso, o produto é a sua própria imagem.

Ninguém nasce pronto

Assim como as virtudes, o marketing pessoal pode ser aprendido.
É um trabalho que será feito no sentido de destacar e demonstrar mais valores, como por exemplo, a forma com que a pessoa pensa e como ela se comporta nas mais diversas situações.
Além de ser um bom profissional, é preciso passar uma imagem de sucesso, de autoconfiança e de domínio na sua área de atuação.

Além disso, uma das qualidades desejáveis num bom profissional é estar disposto a mudanças, a evoluir e melhorar sempre.

Aprender a comunicar-se é o primeiro passo

Porém, de nada adianta desenvolver estas habilidades se a pessoa não se comunica de forma eficaz.
Comunicar-se com naturalidade e fluidez é quesito indispensável para que se consiga mostrar potencial e competência.

Para desenvolver a boa comunicação é preciso vencer a timidez, ser um bom ouvinte, aprender a utilizar adequadamente a voz, manter uma boa expressão corporal. É imprescindível também evitar vícios e mostrar que tem controle sobre as emoções.

Tudo isso é fundamental e pode ser aprendido.

Como fazer marketing pessoal

Todos temos virtudes e vícios.

Trabalhar a própria imagem implica desenvolver outras habilidades e virtudes, e, ao mesmo tempo, evitar e corrigir alguns vícios. Comecemos pelas habilidades a serem desenvolvidas:

  • Aprimorar a comunicação verbal:
    Como já mencionamos, desenvolver uma boa comunicação é o primeiro quesito para se tornar uma pessoa de sucesso. E para conseguir isso é preciso se propor alguns desafios.
    Os obstáculos, como por exemplo, a timidez, devem ser vencidos com a prática, ou seja, manter-se em contato com pessoas e procurar comunicar-se sem medo.
    Para vencer a timidez você pode estabelecer metas, como por exemplo, “puxar” conversa com uma pessoa estranha diariamente.
    Com o tempo, você vai perdendo o medo de se comunicar.
  • Cuidar da comunicação corporal:
    A primeira impressão é aquilo que causamos de imediato em nosso interlocutor, com base no que ele está vendo e ouvindo.
    Esta primeira impressão se dá de forma inconsciente ao demonstrarmos aspectos da nossa personalidade, como nervosismo, timidez, agressividade, confiança. Portanto, a comunicação corporal deve compor uma harmonia com a comunicação verbal, para que ela não “destrua” a imagem que você passa com suas palavras.
    O contrário também vale: uma aparência física impecável não sobrevive a uma linguagem inapropriada ou cheia de erros gramaticais.
  • Vestir-se adequadamente:
    A boa aparência reforça a sua boa imagem profissional ou pessoal.
    Suas roupas devem estar limpas, passadas, adequadas ao seu tamanho e tipo físico. Unhas limpas e bem cuidadas, sapatos engraxados.
    Aqui vale lembrar que o ambiente, a cultura interna da empresa vai definir como se vestir para o trabalho ou para uma entrevista de trabalho. Caso não saiba como se vestir para uma entrevista, procure imaginar como se vestiria se já estivesse trabalhando naquela empresa.
    O que importa é vestir-se de forma coerente com a cultura empresarial.
  • Estabelecer metas de sucesso:
    Você sabe a diferença entre objetivo e meta?

    Objetivo é o que se pretende alcançar no longo prazo.
    Metas são os degraus que você vai estabelecer e vencer para conseguir chegar ao seu objetivo.Por exemplo, se você coloca como objetivo correr a São Silvestre em um ano, mas nunca correu na vida, a sua meta deve ser aumentar o seu percurso em pelo menos 300 metros a cada semana.
    Caso você falhe numa dessas metas, o seu objetivo pode ficar comprometido. Ou seja, meta nada mais é do que um objetivo dividido em pequenas tarefas que precisam ser cumpridas, porque umas dependem das outras.
    Os resultados vão se acumulando até que, no longo prazo, atinjam a grandeza do objetivo.

No marketing pessoal costuma-se estabelecer uma meta da seguinte forma:

Onde e como quero estar daqui a 5 anos?
O que farei, ano a ano, mês a mês, e dia a dia, para chegar a este objetivo?

A partir do momento que você tem esse “mapa da mina” definido, basta ir vencendo as metas (diárias, mensais e anuais) para se chegar ao objetivo.
Essa forma de se estabelecer metas e objetivos vale tanto para a área profissional quanto pessoal.

O que deve ser evitado

Desorganização:
A desorganização desperdiça seu tempo, pois você nunca sabe onde encontrar o que precisa. Mesas de trabalho devem estar limpas e em ordem.
Papéis em excesso e trabalho acumulado, copinhos descartáveis, lanches e outros tipos de sujeira refletem falta de organização e comprometem sua imagem.
Isso serve também para o seu local de estudo ou home office.

Descumprimento de prazos:
Lembra o que falamos sobre metas?
Que elas precisam ser cumpridas para não comprometer o resultado final?
Pois, a empresa também tem metas, e quando você descumpre prazos, pode embolar todo o processo. Descumprir prazos é trabalhar inversamente o seu marketing pessoal.

Se você trabalha por conta, pior. Você perde a confiança dos seus clientes.

Falar demais no trabalho:
Os assuntos a serem tratados na empresa devem ser assuntos relativos ao trabalho e à produção.
Jamais fique fazendo fofocas, enviando e-mails particulares, fazendo piadinhas ou utilizando aplicativos de mensagens instantâneas com fins particulares.
Isso tudo é contraproducente e vai “detonar” sua imagem profissional.
Para quem trabalha em casa, estipule alguns minutos diários para fazer as coisas particulares e empregue todo o resto do tempo em ser produtivo.

Os dez mandamentos do marketing pessoal

Para terminar vou listar e comentar brevemente os dez mandamentos do marketing pessoal, de acordo com Max Gehringer.
Estes mandamentos servem para quem quer trabalhar uma boa imagem profissional.

  1. Habilidade de influenciar outras pessoas: esta pessoa é uma formadora de opinião e isso interessa às empresas;
  2. Confiança: imprescindível tanto na vida pessoal quanto profissional;
  3. Visão: Entender o que se está fazendo e porque se está fazendo;
  4. Espírito de equipe: oferecer ajuda mesmo sem ser solicitado;
  5. Maturidade: saber solucionar conflitos sem provocar mais conflitos ainda;
  6. Integridade: Significa fazer o seu trabalho sem prejudicar ninguém;
  7. Visibilidade: Quando seu chefe pede um voluntário, prontifique-se. Esta é uma ótima maneira de promover sua visibilidade;
  8. Empatia: Saber elogiar o trabalho de um colega e reconhecer o mérito dos outros;
  9. Otimismo: a pressão do trabalho nos leva a imaginar que as coisas são piores do que realmente são. Uma dose equilibrada de otimismo alivia esta pressão.
  10. Paciência: de todas as qualidades esta é a mais importante. Ainda que você faça tudo certo, às vezes as promoções e o reconhecimento pode demorar. Saiba esperar.

Ufa. Por hoje é só.
Gostou do artigo? Comente.

Marketing Pessoal – Como melhorar seu posicionamento no mercado de trabalho
5 (100%) 35 votes

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *