Diferença entre Marketing e Propaganda

A diferença entre marketing e propaganda não é sutil.
Apesar disso, quando se fala em marketing muitas pessoas imaginam imediatamente a propaganda. Mas, neste artigo vamos explicar de forma clara e simples o que é uma coisa e o que é outra. No final, você vai ser capaz de perceber claramente a diferença entre os dois conceitos, para nunca mais fazer esta confusão.

Marketing e Propaganda

Existe diferença entre marketing e propaganda?

Sim, e a diferença é grande. Para explicar melhor, é preciso retomar, ainda que rapidamente, os conceitos de um e de outro termo.

Marketing: É um processo, ou seja, uma sucessão sistemática de ações que visam a total satisfação do cliente. As ações que compõem este processo devem ser encadeadas em etapas, mais ou menos da seguinte forma:

  • Etapa 1: Ações que visam descobrir as necessidades/desejos dos consumidores;
  • Etapa 2: Ações que visam a venda do produto;
  • Etapa 3: Ações que visam garantir a satisfação do cliente.

Vejamos os pormenores de cada uma destas etapas.

Etapa 1: Ações voltadas a um estudo de mercado

Nesse primeiro momento, as ações de marketing visam sondar o mercado como um todo, já que investimentos serão feitos para se desenvolver o produto e é necessário que haja ao menos uma previsão de resultados compensadores.
Para se conseguir esta previsão é feito um estudo de mercado, que desdobra-se em dois outros:
Estudo dos consumidores – feito com base em análise quantitativa (número de pessoas interessadas no produto) e análise qualitativa (em que classes sociais estão as pessoas interessadas).
Estudo dos Concorrentes – também com análises quantitativa e qualitativa a respeito das empresas que já têm produto similar. Quantos são e qual a expressão que estes concorrentes têm no mercado.
As informações obtidas com estes estudos serão analisadas a fim de permitirem que os empresários tomem decisões, com um mínimo de risco, sobre as características que os produtos ou serviços devam possuir para que sejam bem aceitos pelos consumidores, e ainda, qual a política de marketing se deve implementar para se destacarem dos seus concorrentes.

Etapa 2: Ações voltados à venda do produto

Nesta segunda etapa o foco serão as ações voltadas à venda do produto propriamente dita. A maneira mais clara de falarmos das ações voltadas à venda do produto é falando Mix de Marketing.

O que é Mix de Marketing
Já falamos sobre ele em outro artigo, mas é sempre bom reforçar. Mix de Marketing, ou ainda os 4 P’s do Marketing refere-se a um conjunto de variáveis que podem ser controladas e que influenciam a forma como os consumidores serão estimulados à procurar pelo produto e a comprá-lo. Os 4 P’s do marketing são:

Produto: Por produto entende-se tudo o que pode ser disponibilizado para atenção, aquisição, uso ou consumo, e que possa satisfazer necessidades humanas. O produto deve atender à satisfação física e psicológica do cliente e pode ser um bem material, serviço, ideia, pessoas, organizações ou até mesmo a combinação destes elementos.

Preço: Valor monetário que se paga pela aquisição do produto. Aquilo que o consumidor tem e oferece em troca do que não tem. O preço deve comunicar a soma dos valores transformados em benefícios, ou seja, o bem é valorado pela quantidade de dinheiro ou de tempo que o consumidor abriu mão para obtê-lo. O preço é ainda, uma medida de avaliação que se tem entre diversos produtos, de diversas marcas e com características semelhantes.

Praça: Ou locais de distribuição. Este item ocupa-se da forma com que o produto será disponibilizado ao consumidor final. Leva em consideração a rede formada por clientes, fornecedores e revendedores e está interligada à empresa. São, portanto, os canais que o produto tem que percorrer até chegar ao cliente nos diversos pontos de venda.

Promoção: A promoção é o recurso utilizado para que os potenciais clientes fiquem sabendo sobre a existência do produto. O objetivo da promoção é influenciar a opinião, atitudes e comportamentos do público para estimular nele uma resposta de compra.

Aqui na Promoção é que entra a Propaganda. Perceba que a diferença entre marketing e propaganda já começa a se mostrar. A propaganda é apenas uma das ações do marketing. Mas vamos falar mais sobre isso no último bloco deste artigo. Antes disso, é preciso concluir a exposição sobre as 3 etapas do marketing.

Etapa 3 – Ações voltados à satisfação do cliente

São ações pós-vendas, e o erro de muitas organizações é achar que uma vez realizada a venda, as relações com o seu cliente estejam concluídas. Grande engano. A etapa pós-venda é crucial para que a satisfação do cliente seja tal que ele queira repetir a boa experiência de compra que teve. Nesta etapa entram a assistência pós-venda e todas as ações voltadas ao marketing de relacionamento.

Mas, afinal, o que é Propaganda?

Propaganda é uma maneira sedutora de se apresentar as características de um produto.
Não espere imparcialidade da propaganda. Ela vai utilizar inúmeras técnicas persuasivas para influenciar e convencer a audiência de que o produto anunciado vai torná-lo mais atraente, mais desejado, mais feliz, etc. Estas técnicas, chamadas também de gatilhos mentais, quando bem trabalhadas, fazem o produto que se está promovendo parecer irresistível.

Pelo seu alto poder persuasivo, as técnicas de propaganda são utilizadas também para doutrinar pessoas e disseminar ideologias (nem sempre as mais altruístas) como por exemplo, as dos grupos terroristas.

Apesar disso, a propaganda não precisa ser vista como algo nocivo. Tudo depende de qual comportamento ela pretende influenciar.
Ela pode ser utilizada para se vender bens de consumo (carros, refrigerantes), para promover governadores (propaganda política), mas, também é largamente utilizada para difundir ideias (como campanhas educativas para segurança no trânsito; para firmar comportamentos ecológicos, contra o uso de drogas, contra racismo, homofobia, etc.)
Bom, agora que você já sabe bem a que se referem esses dois conceitos do marketing, ficou fácil de estabelecer diferença entre marketing e propaganda.

O marketing tem uma finalidade bem abrangente: conquistar e fidelizar clientes.

A propaganda tem uma finalidade específica: vender.

Se o marketing fosse uma caixa de ferramentas, a propaganda seria tão somente uma dessas ferramentas.
Já que está aqui veja nosso artigo sobre Marketing Pessoal outro conceito muito importante para melhorar seu posicionamento e aumentar suas vendas.
Forte abraço e até o próximo post.

Diferença entre Marketing e Propaganda
4.9 (97.14%) 7 votes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *